Última hora

Última hora

Espanha: Desemprego atinge quase 5 milhões

Em leitura:

Espanha: Desemprego atinge quase 5 milhões

Tamanho do texto Aa Aa

Em Espanha, há quase 5 milhões de desempregados. Em novembro, mais 74 mil 296 pessoas inscreveram-se nos centros de emprego, o que representa uma subida de 1,5% face ao mês de outubro.

As mulheres foram, no mês passado, as mais atingidas pelo desemprego. Entre os jovens, há um em cada dois sem sem trabalho.

No total, Espanha tem 4,907 milhões de pessoas no desemprego. Em 2008, eram 2,3 milhões.

Luis Fernandéz, 31 anos, perdeu o emprego na semana passada. Agora diz que se “não conseguir encontrar emprego vai sair do país. Será a solução mais rápida: procurar a sorte no estrangeiro e não em Espanha”.

Espanha tem a taxa de desemprego mais elevada dos países industrializados. Supera os 25% e as condições económicas mantêm-se difíceis.

A ministra espanhola do Trabalho, Fátima Bàñez, reconhece que os números são maus, que o desemprego continua a subir. Mas garante que trabalham para mudar a situação, para vencer o desemprego e vencer a crise”.

Madrid lançou um vasto plano de austeridade para controlar o défice público, mas a economia está em recessão. O PIB espanhol deverá contrair este ano 1,5% e quase outro tanto no próximo.