Última hora

Última hora

Governo britânico prolonga austeridade

Em leitura:

Governo britânico prolonga austeridade

Tamanho do texto Aa Aa

O governo britânico garante que está a ir no bom caminho para reduzir o défice, mas precisa de mais tempo para cumprir as metas fixadas.

Tudo por causa do fraco desempenho da economia, como frisou George Osborne, que pede assim mais um ano, até 2018, para cumprir os objetivos de redução de défice.

Na declaração no Parlamento, o ministro britânico da Economia deixou um apelo à unidade e à poupança.

A economia britânica deverá contrair 0,1% este ano e crescer 1,2% em 2013. Previsões muito abaixo das anunciadas em março. O défice do Reino Unido deverá, este ano, situar-se ainda nos 7,7% e a dívida subir para 74,9% do PIB.

O governo vai impor, por isso, mais sacrifícios aos ministérios, à exceção dos da Saúde, Educação, Habitação e Cooperação Internacional, cujos orçamentos ficam congelados.