Última hora

Última hora

Cessar-fogo das FARC em risco

Em leitura:

Cessar-fogo das FARC em risco

Tamanho do texto Aa Aa

As negociações pela paz entre o Governo colombiano e as FARC podem estar em em risco.

As Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia receiam que Bogotá intensifique as operações militares contra a guerrilha durante o período natalício. Uma situação que ameaça o cessar-fogo em vigor até 20 de janeiro.

As FARC rejeitam, ainda, qualquer tipo de prazo para concluir as negociações.

Marco León Calarca diz que não faz sentido dar um prazo até novembro de 2013 como propôs o governo. O representante da guerrilha nas negociações de paz com Bogotá defende que podem ser precisos meses ou anos para chegar a um acordo e sublinha, que a guerrilha tem tempo e não está, ao contrário do governo, dependente das eleições.

As FARC ainda não decidiram se vão ou não estender o cessar-fogo anunciado até janeiro.

A reforma agrária e os direitos das vítimas de um conflito que dura há cerca de meio século são alguns dos temas em cima da mesa.

De acordo com dados oficiais, o conflito – o mais antigo da América Latina – já provocou perto de 600 mil mortos e 15 mil desaparecidos.