Última hora

Em leitura:

Egito: oposição laica admite diálogo com Morsi


Egipto

Egito: oposição laica admite diálogo com Morsi

A principal força da oposição egípcia admite voltar à mesa das negociações.

A decisão da coligação Frente de Salvação Nacional
vai ser tomada este domingo, depois de
Mohammed Morsi ter anulado o polémico decreto presidencial.

O recuo do presidente do Egito abre caminho a um compromisso político, mas para muitos chega tarde demais:

“Estamos aqui para exigir a queda do regime. Antes dos violentos confrontos pedíamos, apenas, alterações no projeto de Constituição, mas agora a situação é diferente” afirma um jovem.

Outro refere: “ O presidente só mudou de opinião sobre a declaração constitucional depois de terem sido mortas pessoas. Só saímos daqui quando Morsi partir.”

Os confrontos da última semana provocaram pelo menos sete mortos e centenas de feridos.

Manifestantes e oposição laica contestam, ainda, o referendo à nova Constituição previsto para o próximo sábado, uma data que Morsi quer manter.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Artigo seguinte

mundo

Vietname palco de manifestações contra Pequim