Última hora

Última hora

Exportações chinesas desaceleram

Em leitura:

Exportações chinesas desaceleram

Tamanho do texto Aa Aa

As exportações chinesas aumentaram em novembro mas muito menos do que o previsto.

Em plena época de entrega de bens para o Natal, as vendas ao exterior subiram 2,9%, contra 11,6% em outubro. Os economistas esperavam uma progressão de 9%.

Já as importações mantiveram-se estáveis, a produção industrial (10,1% em termos anuais) e as vendas a retalho (14,9%, em termos anuais) subiram mais do que previsto.

A segunda maior economia do mundo continua assim a ser afetada pela recessão na Europa e Japão e a incerteza nos Estados Unidos.

Apesar de tudo, os economistas esperam uma retoma robusta da economia chinesa no quarto trimestre.