Última hora

Última hora

Diallo satisfeita após acordo confidencial com Strauss-Kahn

Em leitura:

Diallo satisfeita após acordo confidencial com Strauss-Kahn

Tamanho do texto Aa Aa

Dominique Strauss-Kahn obteve um acordo amigável com a empregada de hotel que o acusou de violação em Nova Iorque, pondo fim ao processo civil lançado por Nafissatou Diallo.

Os termos do acordo, alcançado numa breve audiência no tribunal do Bronx, são “confidenciais”.

No fim de Novembro o diário francês “Le Monde” dizia que o ex-diretor do Fundo Monetário Internacional ia pagar seis milhões de dólares a Diallo para evitar um processo judicial, o que foi desmentido pelos advogados de Strauss-Kahn.

Depois da audiência, Diallo fez questão de agradecer “a todos aqueles” que a apoiaram “no mundo inteiro”.

O advogado, Kenneth Thompson, acrescentou que Diallo “é uma mulher forte e corajosa, que nunca perdeu a fé no sistema de Justiça [dos Estados Unidos]. Com esta resolução, ela pode avançar com o resto da sua vida”.

O acordo põe fim à saga legal iniciada quando Diallo acusou Strauss-Kahn de a forçar a ter relações sexuais no hotel Sofitel de Manhattan a 14 de Maio de 2011, um escândalo que o obrigou a abandonar a chefia do FMI e acabou com as aspirações à presidência francesa.