Última hora

Última hora

Arrancou primeira fase do referendo constitucional no Egito

Em leitura:

Arrancou primeira fase do referendo constitucional no Egito

Tamanho do texto Aa Aa

O chefe de Estado do Egito já votou no referendo sobre o polémico projeto de Constituição.

O documento está a dividir o país. Em causa estão 15 artigos que prometem redefinir os valores da sociedade egípcia, alterar as leis laborais e reforçar o poder dos militares.

O projeto redigido por uma assembleia constituinte composta essencialmente por islamitas e salafistas originou violentos protestos em várias cidades do Egito.

Cansados de tanta instabilidade, muitos admitem votar sim no referendo.

“Muitos artigos inscritos na Constituição são positivos. É evidente que não concordamos com tudo, mas é uma boa base para se começar a trabalhar” afirma um homem.

Outro adianta: “este documento é muito melhor que o anterior e se no futuro virmos que há algo que não se adapta ao país podemos sempre fazer alterações. Mais do que falar é preciso começar a trabalhar.”

O referendo está a ser supervisionado por centenas de funcionários públicos, mobilizados pelo governo face ao boicote dos juízes.

A consulta popular realiza-se em duas fases. A próxima está agendada dentro de uma semana.