Última hora

Última hora

Apoiantes de Morsi anunciam vitória com o referendo a meio

Em leitura:

Apoiantes de Morsi anunciam vitória com o referendo a meio

Tamanho do texto Aa Aa

Foi um Egito literalmente dividido que foi às urnas, este sábado. Cerca de metade dos eleitores, 26 milhões de pessoas, foi chamada a pronunciar-se sobre o projeto constitucional defendido pelo polémico presidente Mohammed Morsi.

O partido que o apoia, Liberdade e Justiça, anunciou resultados preliminares que apontam para uma vitória do “sim”, por mais de 56 por cento dos votos.

Nas ruas do Cairo, um egípcio afirmava que “mesmo sendo verdadeiros esses resultados, a Constituição não deveria passar porque, afinal, cerca de 40 por cento da população não está de acordo”.

Ao que tudo indica, o “não” terá vencido claramente na capital. A outra metade dos votantes só vai exercer o seu direito numa segunda ronda, no próximo dia 22. O escrutínio faz-se em duas etapas devido ao boicote de inúmeros juízes, encarregues de vigiar o processo eleitoral.

Num país profundamente dividido após a controversa tentativa de reforço de poderes por parte de Morsi, a sede do partido liberal Wafd, defensor do “não”, foi atacada por centenas de militantes salafistas.