Última hora

Última hora

Aviação síria ataca mesquita repleta em campo de refugiados palestinianos

Em leitura:

Aviação síria ataca mesquita repleta em campo de refugiados palestinianos

Tamanho do texto Aa Aa

As consequências do ataque inédito ao campo de refugiados de Yarmouk, nos arredores de Damasco, são, alegadamente, retratadas numa série de imagens divulgadas numa rede social. O conteúdo é particularmente violento.

Ao que tudo indica, há, pelo menos, 25 mortos a registar, na sequência do bombardeamento da aviação militar síria, que atingiu a mesquita de Abdel Qader Husseini, onde estariam abrigadas centenas de pessoas.

O campo de Yarmouk acolhe mais de cem mil refugiados palestinianos. As forças rebeldes têm conquistado terreno nesta zona, aliás como em toda a capital, protagonizando intensos combates com os militantes da Frente Popular para a Libertação da Palestina, que apoia o regime de Bashar al-Assad.

O avanço rebelde terá obrigado à fuga de Ahmed Jibril, o líder da organização palestiniana, que deixou Yarmouk, juntamente com o seu filho. Seguiu-se o bombardeamento aéreo.