Última hora

Última hora

Aldeia de Bugarach prepara-se para o fim do mundo

Em leitura:

Aldeia de Bugarach prepara-se para o fim do mundo

Tamanho do texto Aa Aa

Bugarach, com os seus 180 habitantes, é uma autêntica aldeia de Astérix confrontada às crenças dos mais místicos.

Segundo os oráculos do apocalipse, é daqui que descolará a nave espacial que levará, a bordo, um punhado de eleitos que escapará assim ao fim do mundo. Supostamente, das entranhas desta montanha do sul de França, saem barulhos de motor.

Uma lenda que chegou para lançar o rumor, como explica Corinne, a proprietária da única loja da aldeia: “Isto começou pouco a pouco, esta história do fim do mundo em Bugarach. Bom, aqui passam-se coisas inexplicáveis, lá isso é verdade!”

Inexplicável é, para o autarca local, Jean-Pierre Delord, todos os crentes e alucinados que escrevem centenas de cartas a tentar explicar como podem salvar o mundo – em Bugarach, obviamente: “É difícil suportar todas estas histórias à volta de algo que parece completamente utópico. Não é realista. Porque nós e não o resto do mundo?”

O que é realista é o aviso da Missão Interministerial de Vigilância e Luta contra as Derivas Sectárias que receia um suicídio coletivo por ocasião do próximo dia 21, data, recorde-se, do fim do mundo.

Para evitar que o mundo acabe para alguns loucos, o acesso à aldeia está proibido desde esta quarta-feira. E na sexta-feira, bombeiros e uma célula de apoio psicológico estarão também a postos, não vá o diabo tecê-las…!