Última hora

Última hora

Frio mata dezenas de pessoas na Ucrânia

Em leitura:

Frio mata dezenas de pessoas na Ucrânia

Tamanho do texto Aa Aa

O frio continua a matar, na Ucrânia. Nas últimas 24 horas, mais nove pessoas morreram de frio.

O governo já instalou 200 postos de emergência, um pouco por todo o país, onde os ucranianos podem ir aquecer-se e comer um prato de comida quente.

A Ucrânia tem estado, há várias semanas, sob fortes quedas de neve às quais se somou, nos últimos dias, uma vaga de frio glacial, com temperaturas inferiores a 20 graus negativos.

Com as estradas e autoestradas bloqueadas por um espesso manto de neve, alguns temem o pior. É o caso de um automobilista, que diz: “Estamos a ficar sem combustível. Temos até à noite, mas depois não sabemos o que acontecerá. Se calhar, vamos morrer congelados, com as crianças.”

Desde o início do mês, 37 pessoas morreram e mais de 160 foram hospitalizadas em estado de hipotermia, anunciou o ministério ucraniano da Saúde.

No inverno passado, pelo menos 130 pessoas morreram de frio. A dada altura, o governo deixou de comunicar esses dados.