Última hora

Última hora

Grupos islamitas matam no Paquistão

Em leitura:

Grupos islamitas matam no Paquistão

Tamanho do texto Aa Aa

Seis trabalhadores sanitários paquistaneses de uma equipa de vacinação contra a polio, foram mortos a tiro, na cidade de Karachi, e nos arredores de Peshwar.

Os disparos partiram de grupos islamitas que se opõem à vacinação, apesar das proporções endémicas da doença, na região.

Os atiradores não foram ainda identificados.

A responsável pela equipa de vacinação diz que foi alertada, por um telefonema:

“Recebi a informação um pouco antes do meio-dia: alguém tinha atirado sobre os trabalhadores da minha equipa. Falei com um grupo e eles disseram-me que não tinha sido com eles. Telefonei para esta equipa e ninguém atendeu a minha chamada. Fiquei preocupada e vim para junto deles”.

O ministro da Saúde deu ordens para suspender a campanha de imediato.

Além das vítimas mortais, há ainda vários feridos que foram levados para os hospitais locais.

Quatro mulheres e um homem morreram em Karachi. A sexta vítima morreu em Mathre, nos arredores de Peshwar, uma região dominada pelos talibans e pela Al Qaeda.