Última hora

Última hora

Cimeira UE-Rússia marcada pelas divergências

Em leitura:

Cimeira UE-Rússia marcada pelas divergências

Tamanho do texto Aa Aa

Durão Barroso e Herman Van Rompuy acolheram Vladimir Putin em Bruxelas para a trigésima cimeira União Europeia-Rússia.

Apesar dos sorrisos dos presidentes da Comissão Europeia, do Conselho Europeu e da Rússia por ocasião do jantar de trabalho inaugural, o encontro destinado a reforçar a parceria estratégica está marcado pela discórdia em muitos dos temas centrais.

Putin deverá ser confrontado com as críticas europeias em termos dos Direitos Humanos na Rússia. Bruxelas expressou preocupações com vários casos recentes, da condenação da banda de ativistas Pussy Riot à nova legislação que restringe os movimentos da oposição russa.

A importante cooperação em termos energéticos também está estagnada, depois da União Europeia ter decidido abrir um inquérito à Gazprom. O gigante estatal do gás russo é suspeito de fixar preços, “abusando da posição dominante” no mercado. As conclusões não deverão ser apresentadas antes da próxima Primavera.

A questão dos vistos também estará em debate. Os Vinte e Sete querem simplificar o procedimento para os cidadãos russos, mas não pretendem abolir para já os vistos, como gostaria Moscovo.