Última hora

Última hora

Obama apela a acordo orçamental após o Natal para evitar precipício fiscal

Em leitura:

Obama apela a acordo orçamental após o Natal para evitar precipício fiscal

Tamanho do texto Aa Aa

Barack Obama apelou ao Congresso norte-americano para adotar um compromisso orçamental mais modesto do que os evocados nas últimas semanas, para evitar o “precipício fiscal” a 1 de Janeiro.

O presidente dos Estados Unidos diz ter levantado a questão com o presidente da Câmara dos Representantes, o republicano John Boehner, e com o líder da maioria democrata no Senado, Harry Reid.

Numa breve alocução na Casa Branca, Obama frisou que “ninguém pode obter 100 por cento do que quer e não se trata simplesmente de um combate entre partidos para ver quem se sai melhor. Existem consequências reais para o que for feito”.

Apesar da inquietude dos mercados, Obama espera poder obter um acordo na próxima semana, após o interregno natalício.

A intervenção do presidente acontece depois da tentativa falhada dos republicanos para “forçar”, no Congresso, o seu próprio plano orçamental.

O presidente democrata e o campo republicano precisam de um acordo para evitar uma subida automática dos impostos e cortes na despesa que, segundo os economistas, podem mergulhar a primeira economia mundial na recessão.