Última hora

Última hora

Opositor de Putin alvo de investigação criminal

Em leitura:

Opositor de Putin alvo de investigação criminal

Tamanho do texto Aa Aa

Acusado de desviar 2,5 milhões de euros pertencentes ao partido União das Forças de Direita, Alexei Navalny está de novo na mira das autoridades russas.

O advogado e também bloguer anticorrupção é alvo de mais uma investigação criminal, a terceira, num caso que remonta a 2007 quando estava à frente da empresa Allekt.

Navalny considera as acusações um “delírio” e fala em provas fabricadas. Mas a Comissão de Investigação da Rússia desmente.

“O partido União das Forças de Direita e a empresa Allekt celebraram um acordo de prestação de serviços publicitários. Com base nesse acordo as contas da Allekt receberam um depósito de cem milhões de rublos ou 3,2 milhões de dólares. Depois disso, a empresa de Navalny transferiu o dinheiro recebido para as contas de outras empresas. Grande parte parecia ser empresas fantasma,” diz Vladimir Markin, da Comissão de Investigação da Rússia.

Navalny é um dos líderes da oposição ao presidente Vladimir Putin.

O processo está relacionado com um caso anterior, conhecido como “Kirovles”, uma empresa de produção de madeira localizada em Kirov. Em julho, Navalny já tinha sido indiciado por “desvio de fundos em grande escala” neste caso.