Última hora

Última hora

Bento XVI apela ao fim da violência na Síria, na Nigéria e no Mali

Em leitura:

Bento XVI apela ao fim da violência na Síria, na Nigéria e no Mali

Tamanho do texto Aa Aa

“À cidade e ao mundo”, “Urbi et Orbi”. Foi a oitava vez que Bento XVI proferiu o seu discurso natalício perante dezenas de milhares de pessoas, na Praça de São Pedro.

A palavra “paz” marcou a maior parte da mensagem do Sumo Pontífice que abordou especificamente diferentes realidades. O Santo Padre apelou “ao fim do derramamento de sangue na Síria, a um acesso mais fácil das ajudas aos refugiados, e, finalmente, ao diálogo, no sentido de alcançar uma solução política para o conflito.”

A Nigéria e o Mali, países onde o radicalismo islâmico se tem disseminado, foram outros exemplos citados, como palcos de “atos de terrorismo selvagem que continuam a provocar vítimas, sobretudo entre os cristãos”. Um apelo também à China, para que “o contributo de todas as religiões seja estimado”, num país onde os católicos não podem reconhecer a autoridade papal. Por último, uma mensagem para um mundo dominado pela urgência e pela tecnologia. Disse Bento XVI: “estamos tão ‘cheios’ de nós próprios, que não há lugar para Deus.”