Última hora

Última hora

Cristãos sírios com Natal discreto

Em leitura:

Cristãos sírios com Natal discreto

Tamanho do texto Aa Aa

A falta de segurança e a crise económica ofuscam os espírito natalício em Damasco. Os enfeites e as luzes colocadas nas lojas para atrair mais clientes parecem não surtir o efeito desejado. Vive-se um Natal austero, solidário com as vítimas do país.

Residente síria: “Estamos tristes porque algumas pessoas estão agora a sangrar. Não é tão festivo como no passado, porque as pessoas em todo o país estão de luto. O nosso país está a ser destruído, o que nos faz sentir inseguros.”

Comerciante sírio: “Por esta altura, no ano passado, esperavámos que a crise acabasse passado um mês ou meio. Agora, a crise já dura há um ano. As pessoas estão muito tristes, porque não sabemos para onde estamos a ir ou quando a crise vai ser resolvida. Não conseguimos ver uma saída.”

De acordo com as Nações Unidas, o conflito na Síria tornou-se religioso com as comunidades cristãs a sofrer vários ataques por parte dos radicais islâmicos.