Última hora

Última hora

Egito: Revisão da Constituição oficializada e eleições a caminho

Em leitura:

Egito: Revisão da Constituição oficializada e eleições a caminho

Tamanho do texto Aa Aa

A revisão da constituição do Egito, desejada pelo atual presidente Mohamed Morsi, foi aprovada com quase 64 por cento dos votos no Referendo realizado no sábado.

Com uma baixa taxa de participação nas urnas, na ordem dos 32,9 por cento, o “sim” teve 63,8 por cento dos votos contra os 36,2 por cento do “não”.

O resultado oficial foi apenas conhecido esta terça-feira por causa de uma investigação aberta pelas autoridades egípcias após a oposição ao atual presidente, que é apoiado pela Irmandade Muçulmana, ter levantado suspeitas de irregularidades a favor dos islamitas no processo do Referendo.

As suspeitas levantadas foram consideradas infundadas e o “sim” confirmou as previsões de vitória, naquele que foi o primeiro ato eleitoral a autorizar a cobertura por meios de comunicação internacionais, incluindo árabes.

A revisão da Constituição levará à eleição de um novo Parlamento daqui a cerca de dois meses, num processo que deverá reacender a disputa política entre islamitas e as fações liberais e esquerdistas.

O Referendo pela revisão da constituição resulta, por fim, na terceira vitória eleitoral dos islamitas desde a deposição do antigo presidente egípcio Hosni Mubarak, em fevereiro de 2011. As anteriores deram-se nas eleições presidenciais, com o triunfo de Mohamed Morsi, e nas parlamentares, que terão agora uma segunda edição em 2013 face ao resultado do Referendo.