Última hora

Última hora

Rússia: Vaga de frio faz 123 mortos

Em leitura:

Rússia: Vaga de frio faz 123 mortos

Tamanho do texto Aa Aa

A vaga de frio na Rússia eleva o número de mortos para 123. Muitas estradas continuam bloqueadas, vários veículos estão envolvidos nas operações de limpeza, mas a tarefa torna-se difícil, já que nalguns pontos a neve atinge os 5m de altura. As temperaturas chegaram mesmo aos 30 graus negativos em Moscovo e o mercúrio chegou a apontar para os -60 na Sibéria.

Irina Bryarkina, residente: “Não temos nada aqui. Nem água. Estamos a gelar. A temperatura está abaixo de zero nos apartamentos. Medi-a no meu quarto, onde tenho pequenos aquecedores e estava a -2 graus. Na cozinha onde tenho um fogão ligado estavam -5 graus.”

Na Sibéria, a neve e o frio são de tal ordem que as pessoas tiveram de abandonar as casas geladas e procurar abrigo em centros de acolhimento.

Aria Dagbaldai, residente: “Já é a segunda noite que passamos nesta escola. As condições são boas. Está quente e há comida.”

Há mais de 10 dias que o território sofre com esta intempérie. No total, 833 pessoas já foram hospitalizadas, 345 das quais nas últimas 24 horas.