Última hora

Última hora

Chefe da polícia militar síria junta-se à rebelião

Em leitura:

Chefe da polícia militar síria junta-se à rebelião

Tamanho do texto Aa Aa

A guerra civil síria avança de massacre em massacre, enquanto os esforços diplomáticos continuam em Moscovo.

Estas images são de um vídeo amador cuja fonte não está confirmada. A extrema violência deste conflito terá levado à deserção de mais uma alta patente das forças de segurança sírias.

O chefe da polícia militar síria, o general Abdelaziz al Shalal, confirmou num vídeo divulgado nas últimas horas a sua deserção, dada a conhecer na terça-feira pelo Conselho Nacional Sírio.

Al Shalal justificou a sua decisão com o facto de o “Exército ter abandonado a sua missão principal de proteger o país e se ter convertido em grupos que assassinam, destroem cidades e localidades e cometem massacres entre o povo inocente, que saiu para pedir liberdade”.

Representantes sírios estão em Moscovo nesta para discutir propostas que ponham fim à crise.

A iniciativa é do emissário internacional Lakhdar Brahimi numa altura em que o regime de Damasco parece consciente de que a guerra pode durar sem que haja vencedores.