Última hora

Última hora

Egito: Referendo divide opiniões nas ruas do Cairo

Em leitura:

Egito: Referendo divide opiniões nas ruas do Cairo

Tamanho do texto Aa Aa

O anúncio do resultado oficial do Referendo que confirmou a vitória do “sim” à revisão da Constituição pelo atual presidente do Egito, com 63,8 por cento dos votos, foi seguido com particular atenção na simbólica Praça Tahrir, no Cairo.

A vitória do “sim”, embora esmagadora nas urnas, não agrada a todos. Um egípcio antirregime muçulmano gritou bem alto a revolta: “É tudo falso. O presidente Morsi, a Constituição… tudo uma farsa. Este resultado não é importante. Abaixo o regime da Irmandade Muçulmana.”

O anúncio dos resultados foi também seguido em direto em vários cafés da capital egípcia. A taxa de participação no Referendo, porém, foi muito baixa: apenas 32,9 por cento dos mais de 50 milhões de eleitores tomaram posição nas urnas no Referendo de 15 e 22 de dezembro. Mas há quem, não parecendo totalmente de acordo, se conforme com o resultado da consulta.

“Os resultados dizem que a maioria dos votos foi no “sim”. Falso ou não, temos de o aceitar. Mas o regime também tem de nos garantir a estabilidade que prometeu”, exige um outro egípcio, que seguiu o anúncio num dos cafés do Cairo.