Última hora

Última hora

Nova Constituição aprovada no Egipto

Em leitura:

Nova Constituição aprovada no Egipto

Tamanho do texto Aa Aa

No Egipto, a Constituição foi aprovada por uma margem de 63,8%. O “sim” conseguiu a vitória, mas os resultados oficiais demonstram que o referendo contou com uma baixa taxa de participação, situada nos 32,9%.

A oposição acredita que o desenvolvimento desta Constituição foi dominado por islamistas e denunciou irregularidades no referendo.

Samweel Girgis, cidadão egípcio: “Também dizem que o “sim” vai levar a um investimento. Pelo contrário, todas as decisões tomadas até agora levaram à diminuição da nossa classificação.”

Samir Hamed, cidadão egípcio: “Vai levar à estabilidade. O voto “sim” vai conduzir certamente à estabilidade. Vamos construir um estado apoiado nos quatro pilares: Parlamento, uma Câmara Alta, uma Presidência, e uma Constituição. Assim, podemos seguir em frente. O investimento pode começar a entrar no Egito. O que mais as pessoas querem?”

Desde a elaboração até à aprovação, a polémica e os protestos têm acompanhado a nova Constituição egípcia.