Última hora

Última hora

Novos pobres na Grécia alimentam crise humanitária

Em leitura:

Novos pobres na Grécia alimentam crise humanitária

Tamanho do texto Aa Aa

A Grécia está mais pobre do que nunca, mas em tempo de Natal a solidariedade entre as pessoas não desapareceu por completo.

A crise económica que atingiu a Europa em 2008 e 2011 mudou os hábitos de consumo da maioria dos cidadãos cada vez mais desesperados e sós face aos problemas sociais, cortes de salário e desemprego.

O padre Nicolas convidou os mais necessitados para uma refeição quente neste Natal:

“Infelizmente neste tempos estamos descobrir novos pobres, pessoas que tinham casas, carros, luxos e um emprego. Um dia perderam tudo, casas e carros não se podem por numa panela e alimentar alimentar os filhos. Então nós somos responsáveis ​​para ajudar essas pessoas assim, eles são pessoas muito orgulhosas”

Natal na Grécia costuma ser animado e celebrado com música e danças típicas. Além da ceia na véspera do dia 25, as famílias tinham o hábito de ir para os bares, chamadas casas Buzukias, onde cantavam e dançavam, tradição que tende a desaparecer devido à recessâo económica.

A Grécia enfrenta uma “crise humanitária” que é agravada pela quantidade de imigrantes irregulares à espera de asilo politico segundo um recente relatório da Anmistia Internacional