Última hora

Última hora

Síria: Brahimi apela a governo de transição

Em leitura:

Síria: Brahimi apela a governo de transição

Tamanho do texto Aa Aa

O emissário das Nações Unidas e da Liga Árabe para a Síria pediu, esta quinta-feira, que fosse criado um governo de transição, com plenos poderes, antes da realização de eleições.

Lakhdar Brahimi apelou à comunidade internacional para colocar um fim ao conflito sírio.

“Creio que todos concordam comigo quando digo que o tempo não joga a nosso favor. Quem tiver a capacidade para acabar com esta situação que atingiu a Síria, não deve poupar esforços,” apena o enviado da ONU.

Lakhdar Brahimi pretende ir a Moscovo, no próximo sábado, para tentar encontrar uma solução para o conflito sírio, com o ministro russo dos negócios estrangeiros, Sergei Lavrov.

Esta quinta-feira, diplomatas sírios foram à capital russa para discutir com Lavrov, propostas para a resolução pacífica do confronto.

O Conselho Nacional Sírio, na Turquia, afirmou já que não aceita quaisquer propostas que permitam a continuidade do regime do presidente Bashar al-Assad.

“Temos tido conversações com os Estados Unidos da América, a NATO, Rússia e China, mas isso não significa que eles irão desempenhar um papel nas nossas decisões. A coligação nacional é independente e valoriza a sua independência,” assegura um membro do Conselho Nacional Sírio, Khalid Saleh.

O número de refugiados continua a aumentar, na vizinha Turquia. As autoridades locais informaram que o número ultrapassou, já, os 148 mil.

O governo de Ancara rompeu as relações com o regime do presidente sírio, Bashar Al-Assad, e apoia os rebeldes.