Última hora

Última hora

Brahimi apela a "mudança real" na Síria

Em leitura:

Brahimi apela a "mudança real" na Síria

Tamanho do texto Aa Aa

Os rebeldes sírios afirmam ter entrado no recinto do aeroporto militar de Menagh, perto de Aleppo, que cercavam desde Agosto.

É desta base que descolam os aviões e helicópteros usados pelo regime para bombardear a segunda cidade da Síria.

No plano diplomático, o emissário da ONU e da Liga Árabe apelou à formação de um governo de transição dotado de plenos poderes, sublinhando que “o povo reclama uma mudança real”.

Lakhdar Brahimi frisou que é preciso concordar que “a situação na Síria constitui atualmente um grande perigo, não apenas para o povo sírio, como para os países vizinhos e para o mundo”.

Brahimi, que estará no sábado em Moscovo, negou, tal como a Rússia, a existência de um acordo com os Estados Unidos que prevê uma transição com Bashar Al-Assad no poder até 2014.

O chefe da diplomacia russa, Serguei Lavrov, advertiu a comunidade internacional para “um caos sangrento”, na falta de solução negociada.

A oposição síria diz-se disposta a uma transição política, mas sem Assad.