Última hora

Última hora

França rejeita pedido de ajuda da República Centro Africana

Em leitura:

França rejeita pedido de ajuda da República Centro Africana

Tamanho do texto Aa Aa

A tensão e a insegurança na República Centro Africana obrigaram os Estados Unidos a encerrar a embaixada em Bangui, a capital do país.

Washington mandou repatriar o embaixador e os elementos da missão diplomática, ao mesmo tempo que o presidente francês, François Hollande, rejeitava o pedido de ajuda lançado pelo seu homólogo, François Bozizé:

“Se estamos presentes, não é para proteger um regime. É para proteger os nossos cidadãos e os nossos interesses. Não é para intervir nos assuntos internos do país, como é o caso da República Centro Africana. Esse tempo acabou”, afirmou Hollande.

Segundo várias fontes, a capital, Bangui, está cercada. Os rebeldes, agrupados na aliança Séléka, progridem para sul e conquistaram diversas cidades nas últimas semanas. Acusam o presidente François Bozizé de não respeitar o acordo de paz de 2007.

Muitos centro-africanos consideram que a França, enquanto antiga potência colonial, deveria ajudar o regime a combater os rebeldes. Na quarta-feira, dezenas de manifestantes atacaram com pedras a embaixada francesa e queimaram bandeiras do país, em protesto pela inércia francesa.