Última hora

Última hora

Governo indiano promete mão pesada para crimes sexuais

Em leitura:

Governo indiano promete mão pesada para crimes sexuais

Tamanho do texto Aa Aa

O Governo indiano prevê a criação de um registo público com os nomes, fotografias e moradas dos condenados por crimes sexuais contra mulheres.

É uma resposta à vaga crescente de violações noticiada nos últimos dias. Um dos casos mais recentes é o de uma jovem de 17 anos que pôs termo à vida no Punjab, depois de ter sido pressionada pela polícia a desistir da queixa contra os agressores.

A história incendeia ainda mais a opinião pública, depois da revolta gerada pela violação brutal num autocarro em Nova Deli, de outra mulher de 23 anos, há duas semanas.

A estudante está a recuperar num hospital de Singapura. Aos familiares e amigos restam as promessas de punições exemplares feitas pelo primeiro-ministro Manmohan Singh e pela presidente do Congresso Sonia Gandhi.

Nas ruas de Nova Deli continua a gritar-se a viva voz pela pena de morte para os violadores.

De acordo com números oficiais, 228 mil dos mais de 256 mil crimes violentos registados no ano passado na Índia foram contra mulheres. A indiferença com que muitos casos são tratados deixa entender que a realidade será bem mais negra.