Última hora

Última hora

Putin ratifica lei que interdita adoção de crianças por norte-americanos

Em leitura:

Putin ratifica lei que interdita adoção de crianças por norte-americanos

Tamanho do texto Aa Aa

A partir de 1 de janeiro do próximo ano, os cidadãos norte-americanos passarão a estar impedidos de adotar crianças de nacionalidade russa.

O presidente Vladimir Putin ratificou a lei Dima Iakovlev. Na semana passada já tinha sido aprovada pela Duma.

É a resposta da Rússia à polémica lei Magnitski, promulgada por Barack Obama e que defende a punição de russos acusados de violações dos direitos humanos.

Na Rússia, a nova lei anti-adoção acaba por banir também algumas organizações não-governamentais norte-americanas e impõe o congelamento de vistos e bens de cidadãos norte-americanos acusados de violarem os direitos de russos.

A adoção da lei provocou reações imediatas no país. O ministro russo dos negócios estrangeiros e o ministro da Justiça estão entre as personalidades que expressaram reservas.

O departamento de Estado dos EUA estima que 60 mil crianças russas tenham sido adotadas por cidadãos norte-americanos ao longo das últimas duas décadas.