Última hora

Última hora

Erdogan instiga refugiados sírios contra o "tirano" al-Assad

Em leitura:

Erdogan instiga refugiados sírios contra o "tirano" al-Assad

Tamanho do texto Aa Aa

As imagens divulgadas pelos insurgentes sírios, nas redes sociais, reportam aqueles que serão ataques do Exército Livre contra as forças militares do regime. Os registos terão sido feitos nas imediações do aeroporto de Damasco.

Segundo o Observatório Sírio dos Direitos Humanos, só ao longo do dia de sábado contaram-se mais de 180 mortos em confrontos na capital e em Alepo. Alegadamente, entre eles estão 23 crianças.

Mas é a cidade de Homs que está a ser particularmente fustigada pelos bombardeamentos do exército sírio, que se deixou filmar durante a suposta ocupação do bairro de Deir Baalbeh, dominado pelos rebeldes.

Para os milhares e milhares de refugiados sírios, o primeiro-ministro turco veio deixar palavras de alento. No campo de Akcakale, no sudeste da Turquia, onde mais de 25 mil pessoas vieram procurar abrigo, Recep Tayyip Erdogan chamou “tirano” a Bashar al-Assad e garantiu que estará “ao lado” dos resistentes “até ao fim”. Erdogan declarou que “todos os processos de nascimento são difíceis. A Síria está a preparar-se para um parto sagrado através do qual a vontade do povo conquistará o poder.”

O primeiro-ministro turco fazia-se acompanhar por Ahmed Moaz al-Khatib, líder da coligação da oposição síria.