Última hora

Última hora

Polícia russa prende líder da oposição em protesto

Em leitura:

Polícia russa prende líder da oposição em protesto

Tamanho do texto Aa Aa

Na Rússia, Eduard Limonov foi detido num protesto no centro de Moscovo.

E uma das caras mais conhecidas da oposição e participava, com dezenas de pessoas, numa manifestação não autorizada. O protesto tem lugar a cada dois meses, no dia 31, como forma de apoio ao artigo 31 da Constituição Russa, que protege a liberdade de assembleia. Segundo a oposição foram impostas restrições a esta liberdade.

O evento coincidiu com o discurso do Chefe de Estado, na transição para o novo ano. Vladimir Putin apelou à unidade: “Somente juntos poderemos, o povo da Rússia, avançar com confiança, erguer-se perante qualquer prova, resolver a mais difícil das tarefas e construir um país forte de sucesso e uma comunidade moderna, próspera e livre.”

Os ativistas defendem que o governo restringe o direito de reunião exigindo aos organizadores que obtenham uma autorização, que é frequentemente negada.