Última hora

Última hora

EUA: mais ricos vão pagar mais impostos

Em leitura:

EUA: mais ricos vão pagar mais impostos

Tamanho do texto Aa Aa

Barack Obama tem razões para sorrir. Depois do Senado foi a vez da Câmara dos Representantes dos Estados Unidos dar luz verde ao acordo que evita o chamado “precipício orçamental.”

O presidente norte-americano que interrompeu as férias de Natal para chegar a um entendimento com os republicanos já regressou ao Havai.

Obama diz que foi dado o primeiro passo para um sistema fiscal mais justo:

“Graças aos votos de democratas e republicanos vou promulgar este documento que aumenta os impostos para dois por cento dos americanos que mais dinheiro ganham. Ao mesmo tempo, evita que este peso caia sobre a classe média, o que conduziria a uma recessão e teria um grande impacto nas famílias americanas.”

Os contribuintes com rendimentos superiores a 300 mil euros anuais são os mais penalizados.

O entendimento entre democratas e republicanos não foi fácil. Depois de uma corrida contra o tempo, o Orçamento para este ano foi, finalmente, aprovado no Senado e cerca de 24 horas depois na Câmara dos Representantes.

Um acordo pouco ambicioso, dizem os analistas, que adia para já os cortes na despesa pública.