Última hora

Última hora

Itália: Monti apresenta programa e troca acusações com Berlusconi

Em leitura:

Itália: Monti apresenta programa e troca acusações com Berlusconi

Tamanho do texto Aa Aa

Mario Monti apresentou esta quarta-feira as grandes linhas do programa eleitoral da coligação centrista que aceitou, na semana passada, liderar para as legislativas do fim de Fevereiro em Itália.

Numa entrevista à rádio Rai, o primeiro-ministro demissionário prometeu baixar os impostos para os trabalhadores e empresas e reduzir os gastos públicos.

Monti disse que “a Itália precisa de medidas que apoiem as famílias, sobretudo as numerosas, precisa de um sistema de saúde que funcione e de um sistema fiscal que redistribua os rendimentos, dos mais ricos para os mais pobres”.

Naquela que foi vista como a abertura das hostilidades da campanha, Monti criticou ainda Silvio Berlusconi, dizendo que Il Cavalieri fala em valores éticos que ele próprio não põe em prática.

Berlusconi, que se apresenta pela sexta vez a eleições gerais, não poupou ataques a Monti numa entrevista televisiva. O ex-primeiro-ministro acusou Monti de “já não ser credível”, pois quando foi “colocado na posição de liderar um governo técnico, prometeu ao presidente que não ía beneficiar do papel para entrar na política”.

Berlusconi frisou que Monti não é o verdadeiro adversário, mas sim o líder do Partido Democrata, Pier Luigi Bersani, favorito nas sondagens com 40 por cento das intenções de voto.