Última hora

Última hora

Arbaeen: xiitas cumprem a tradição

Em leitura:

Arbaeen: xiitas cumprem a tradição

Tamanho do texto Aa Aa

Milhares de peregrinos em todo o mundo participam nas celebrações de Arbaeen, uma das mais importantes para os muçulmanos xiitas.

A cidade santa de Karbala, no centro do Iraque é uma das mais concorridas.

O Arbaeen marca o fim de 40 dias de luto pela morte do neto do profeta Maomé, o imã Hussein, morto numa batalha no século VII.

A peregrinação até Karbala chegou a estar proibida pelo regime de Saddam Hussein devido à rebelião xiita de 1991.

Nos últimos anos, esta comunidade tem sido alvo de vários ataques por parte de rebeldes sunitas.

O clima de insegurança não assusta os peregrinos xiitas que encaram as celebrações como um ato de fé e de amor ao imã Hussein.

Ontem, a explosão de um carro armadilhado, a cerca de uma centena de quilómetros de Bagdad, provocou a morte a dois peregrinos que se dirigiam a pé para a cidade de Karbala.