Última hora

Última hora

Europa: Vendas de carros afundaram em 2012

Em leitura:

Europa: Vendas de carros afundaram em 2012

Tamanho do texto Aa Aa

Dois mil e doze foi um ano dramático para o setor automóvel europeu.

Se na Alemanha, o maior mercado automóvel da Europa, a queda anual das vendas foi de 2,9%, em Portugal, segundo a Associação Automóvel de Portugal (ACAP), 2012 foi o pior ano desde 1985.

As vendas afundaram quase 41%, para pouco mais de 95 mil veículos ligeiros.

Em França, as vendas recuaram no ano passado 14%. Em Espanha, afundaram 13%, devido ao forte recuo (-23%) registado em dezembro. Já em Itália, 2012 foi o pior dos últimos 33 anos. As vendas caíram 19,9%.

Os construtores e os analistas não esperam melhorias este ano, devido à queda de rendimentos das famílias por causa da crise e das medidas de austeridade. Como consequência houve em 2012, de acordo com a ACAP, 21 mil despedimentos no setor em Portugal.

A crise não poupa nem as marcas de luxo nem o maior construtor europeu: a Wolkswagem, cujas vendas recuaram quase 34% em Portugal e 36% em Itália.