Última hora

Última hora

Violação coletiva: Suspeitos indianos acusados formalmente

Em leitura:

Violação coletiva: Suspeitos indianos acusados formalmente

Tamanho do texto Aa Aa

Os cinco suspeitos ​​da violação de uma jovem indiana num autocarro em Nova Deli foram ​​formalmente acusados no Tribunal de Saket.

A estudante de 23 anos, que acabou por morrer devido aos graves ferimentos causados pelos agressores comoveu o país. Esta morte marca o início de uma série de mudanças políticas para proteger as mulheres, num um país onde uma violação é relatada,em média a cada 20 minutos.

Sheuti Kohli, cidadã indiana:

“Como é que um incidente destes aconteceu? Porque é que a polícia está a preencher um caso destes, a sua função devia ser impedir que tal aconteça, em vez de preencher queixas em papel.”

O sexto elemento alegou ainda não ter completado 18 anos e deverá ser julgado num tribunal de menores. Enquanto isso, na rua os protestos continuam, passam por manifestações de advogados até marchas de mulheres que lutam para conquistar mais segurança e direitos.

O governo, severamente criticado, planeia a criação de uma nova lei que combata a impunidade perante os crimes de violação.