Última hora

Última hora

Portugal: cantinas escolares combatem pobreza durante as férias.

Em leitura:

Portugal: cantinas escolares combatem pobreza durante as férias.

Tamanho do texto Aa Aa

Trata-se de um fenómeno que se tem vindo a alastrar a um ritmo acelerado.

De norte a sul, algumas escolas optaram por manter abertas as cantinas das escolas a fim de proporcionar refeições a crianças em dificuldades.

Os números não dão margem para dúvida como explica o vice-presidente da câmara de Gaia, Firmino Pereira.

“No ano passado tivémos cerca de 3 mil alunos inscritos e agora temos quatro mil. É fruto do que é a situação do país. Existem muitas crianças em que a única refeição estruturada que eles sentem que têm é dada pela escola”, adianta Firmino Pereira.

Em todo o país cerca de setenta municípios optaram por manter abertas as cantinas durante a época natalícia.

Os números sugerem que mais de 13 mil crianças em idade escolar enfrentam carências alimentares.

Entre outubro e novembro os serviços sociais registaram mais três mil casos de crianças em dificuldades.

Face ao sucesso da iniciativa natalícia, algumas escolas já estão a preparar ações semelhantes para o período da Páscoa.