Última hora

Última hora

Condições extremas apontam para novos incêndios na Tasmânia e sul da Austrália

Em leitura:

Condições extremas apontam para novos incêndios na Tasmânia e sul da Austrália

Tamanho do texto Aa Aa

Cerca de uma centena de pessoas continuam desaparecidas na ilha da Tasmânia, a Sul da Austrália, na sequência dos violentos incêndios que fustigam o território desde sexta-feira.

As autoridades locais efetuam buscas para tentar apurar se os desaparecidos foram vítimas das chamas ou simplesmente se refugiaram em casas de familiares.

A primeira-ministra australiana deslocou-se hoje à ilha e fez questão de sublinhar “ao povo da Tasmânia que a nação vai apoiá-lo neste momento bastante difícil, de todas as formas possíveis”.

As chamas, que devoraram mais de 120 mil hectares, forçaram mais de duas mil pessoas a abandonarem as casas.

As autoridades e os bombeiros preparam-se para uma nova vaga de incêndios – na Tasmânia e no sul da Austrália – devido às condições extremas previstas para esta terça-feira, com temperaturas acima dos quarenta graus e ventos de até 80 quilómetros por hora.