Última hora

Última hora

Messi poker de ouro, Ronaldo bola de prata

Em leitura:

Messi poker de ouro, Ronaldo bola de prata

Tamanho do texto Aa Aa

A cerimónia da Bola de Ouro 2012 foi idêntica à dos anos anteriores. Lionel Messi venceu o prémio. José Mourinho e Cristiano Ronaldo ficaram com a bola de prata.

“Poker” de ouro para o argentino que reuniu 41,6% dos votos para o melhor jogador do mundo da FIFA, contra 23,6% de Cristiano Ronaldo e 10.9% de Andres Iniesta.

Messi superou as três bolas de ouro de Johan Cruyff, Michel Platini e Marco van Basten e converteu-se no primeiro futebolista da historia a vencer o premio quatro vezes. Apesar de em 2012 ter ganho apenas a Taça do Rei, os 91 golos marcados pelo argentino pesaram e muito, mais um recorde absoluto que Messi fez questão de bater. A anterior marca de 85 golos pertencia ao alemão Gerhard Muller. Lionel Messi é agora o homem a seguir no topo da lista de todos os recordes.

A felicidade de Messi contrastou com a desilusão de Cristiano Ronaldo. A época fantástica do avançado português, que triunfou na liga espanhola pelo Real Madrid e teve uma brilhante prestação no europeu, não foi suficiente para o camisa 7 revalidar o título de 2008.

A bola de prata parece ser o destino do Cristiano Ronaldo, que nos últimos quatro anos ficou a bater palmas. Como prémio de consolação, Ronaldo foi o único portugues a entrar para o 11 ideal da FIFA.

Quem também ficou a bater palmas foi Andres Iniesta. Apesar de ter sido considerado o melhor jogador europeu do ano, Iniesta ficou com a bola de bronze. Há 52 anos que um espanhol não vence o troféu da FIFA.

Foi Vicent del Bosque a salvar a honra da “La Roja”, campeã do mundo e bicampeã da europa. O selecionador, que guiou a Espanha ao triunfo no Euro 2012, foi distinguido como o treinador do ano. José Mourinho ficou em segundo lugar e Guardiola terceiro.