Última hora

Última hora

Soldados holandeses e alemães partiram para a Turquia

Em leitura:

Soldados holandeses e alemães partiram para a Turquia

Tamanho do texto Aa Aa

Foi grande a emoção esta manhã na base militar de Eindoven, na Holanda, no momento da partida dos soldados para a Turquia.

Um contingente holandês e um outro alemão, que vão preparar a chegada dos mísseis Patriot.

O coronel Erik Abma fala dos objetivos da missão:
“Sabemos que o governo sírio já atacou, já disparou mísseis scud dentro do território sírio. Sabemos também que têm mísseis balísticos de longo alcance que podem ameaçar a cidade que vamos defender. Por isso vamos defender uma cidade turca contra a ameaça dos mísseis balísticos de longo alcance”.

A Holanda, a Alemanha e os Estados Unidos enviam cada um dois mísseis Patriot e mais de 400 soldados para a Turquia, na sequência do pedido de Ancara, que sente a ameaça vinda dos 900 quilómetros de fronteira com a Síria.

Há 21 meses que a zona fronteiriça entre os dois países está sob grande tensão. As forças sírias sobrevoam com frequência o território turco, milhares de sírios têm procurado refúgio na Turquia.

As autoridades turcas temem que o conflito sírio se propague na região. Os mísseis Patriot deverão chegar na terceira semana de janeiro, para estarem operacionais antes do final do mês.