Última hora

Última hora

França: Virgin Megastore declara falência

Em leitura:

França: Virgin Megastore declara falência

Tamanho do texto Aa Aa

É o fim das Virgin Megastores em França. A administração da empresa declarou falência esta quarta-feira. O grupo detém 25 lojas e emprega um milhar de pessoas. Durante o dia os trabalhadores da loja dos Campos Elísios, em Paris, reclamaram, em vão, uma solução.

O futuro da empresa está nas mãos do tribunal de comércio de Paris que terá de decidir entre a liquidação da companhia ou uma tentativa de reestruturação sob mandato judicial. Mas este tipo de lojas parece condenada devido à mudança de hábitos de consumo, como explica o professor Philippe Moati:

“- O que estamos a viver com a Virgin é, acho eu, o primeiro episódio da contração significativa do aparelho comercial especializado na venda de produtos culturais. Penso que não vamos assistir a um desaparecimento total porque haverá sempre um certo prazer em deambular num universo passional, mas seguramente que serão necessários muito menos metros quadrados de área comercial dedicado a este universo de consumo do que agora.”

Esta falência pode marcar o fim de uma época. O universo FNAC, por exemplo, também está ameaçado pelos gigantes americanos do comércio musical na internet a quem o governo francês aponta o dedo.