Última hora

Última hora

Hungria e Bulgária castigadas pela Fifa

Em leitura:

Hungria e Bulgária castigadas pela Fifa

Tamanho do texto Aa Aa

A Fifa puniu a Hungria e a Bulgária por comportamentos racistas e antissemitas dos adeptos. Os dois países vão jogar à porta fechada os próximos encontros válidos para a qualificação do Mundial 2014. Ambas as federações terão de pagar uma multa de cerca 30 mil euros à Fifa e para os húngaros, a sanção é bem merecida.

“Foi uma decisão acertada e vai ser uma lição para os adeptos de futebol para que aprendam a comportar-se nos estádios”, comentou um adepto húngaro.

Em agosto, durante o jogo frente a Israel, um grupo de adeptos da Hungria entoou cânticos antissemitas e exibiu símbolos políticos ofensivos no estádio.

“É problema que infelizmente existe, mas o mau comportamento de um pequeno grupo vai prejudicar toda a massa de adeptos”, afirmou um apoiante da seleção da Hungria.

A federação búlgara foi também punida por coros racistas entoados contra o lateral dinamarquês Patrick Mtiliga no encontro do passado mês de outubro, mas os adeptos não estão de acordo, tal como explica um cidadão da Bulgária: “Não acho justo que a equipa seja sancionada por algo que não tem culpa nem a maioria dos adeptos. É uma punição imposta a um país do leste europeu, essa é a realidade.”

Os dois países vão cumprir as sanções nos próximos encontros oficiais em casa. A Hungria recebe a Roménia e a Bulgária a seleção de Malta a 22 de março.