Última hora

Última hora

Supremo Tribunal autoriza adiamento da tomada de posse de Chávez

Em leitura:

Supremo Tribunal autoriza adiamento da tomada de posse de Chávez

Tamanho do texto Aa Aa

O Supremo Tribunal de Justiça da Venezuela considera que a ausência de Hugo Chávez não é um problema para a estabilidade institucional do país e que pode tomar posse mais tarde. A tomada de posse do presidente reeleito estava agendada para esta quinta-feira. Mas a intervenção cirúrgica a que foi submetido há quase um mês e a infeção pulmonar severa que teve em seguida retêm-no em Cuba.

“Apesar de no próximo dia 10 de janeiro ter início um novo período constitucional, não é necessária uma nova tomada de posse em relação ao presidente Hugo Chávez devido à sua condição de presidente reeleito” – explicou a presidente do supremo tribunal, Luisa Estella Morales

Os magistrados consideraram igualmente que o executivo pode permanecer em funções sob o princípio da “continuidade administrativa”. A oposição discorda desta desta decisão do tribunal que vem reafirmar a tese do governo. A principal coligação da oposição enviou esta semana uma carta à Organização de Estados Americanos (OEA) para denunciar um risco de “violação da ordem constitucional”.