Última hora

Última hora

Vendas mundiais da PSA Peugeot Citroën afundam

Em leitura:

Vendas mundiais da PSA Peugeot Citroën afundam

Tamanho do texto Aa Aa

As vendas mundiais da PSA Peugeot Citroën afundaram, em 2012, sob impacto da crise do mercado automóvel na Europa, onde o grupo francês registou o pior desempenho em duas décadas.

No ano passado, a PSA vendeu 2,96 milhões de veículos.

Segundo os dados divulgados pelo grupo, a nível mundial as vendas afundaram 16,5%. Apesar da subida de mais de 9% no mercado chinês, os números não permitiram compensar a queda de 14,8% na Europa e o congelamento das vendas ao Irão, alvo de sanções.

A tendência negativa na Europa deverá manter-se este ano e o maior fabricante automóvel francês aposta no internacional, sobretudo, na China e na Rússia.

A crise levou o grupo a anunciar o despedimento de oito mil pessoas e o encerramento da fábrica de Aulnay-sous-Bois.

O governo francês já notificou a Comissão Europeia da garantia financeira, de sete mil milhões de euros, concedida ao banco PSA Finance. Paris diz que não se trata de ajuda pública, mas Bruxelas terá de pronunciar-se.