Última hora

Última hora

Apoiantes de Chávez manifestam-se em Caracas

Em leitura:

Apoiantes de Chávez manifestam-se em Caracas

Tamanho do texto Aa Aa

Caracas deveria ter testemunhado a cerimónia de investidura de Hugo Chávez esta quinta-feira. Em vez disso presenciou uma manifestação de apoio ao presidente reeleito que juntou milhares de pessoas. Os presidentes da Bolívia, da Nicarágua e do Uruguai também marcaram presença na capital venezuelana neste dia.

A oposição viu o supremo tribunal dar razão ao governo e autorizar Chávez a tomar posse mais tarde. Mas o candidato derrotado em outubro, Henrique Capriles, apesar de acatar a decisão não deixou de a criticar:

“- As instituições não devem responder aos interesses de um partido. A nossa luta é para que a constituição seja respeitada, não é para mudar o governo. Nenhum destes dirigentes recebeu um mandato no dia 7 de outubro. Há um líder no partido que está no poder. Esse líder é o presidente da república.”

O chefe de Estado venezuelano deveria iniciar esta quinta-feira um mandato de seis anos. Mas há um mês voou para Cuba onde foi operado pela quarta vez a um cancro na zona pélvica. Hugo Chávez nunca mais foi visto em público.