Última hora

Última hora

Ativistas curdas mortas na capital francesa

Em leitura:

Ativistas curdas mortas na capital francesa

Tamanho do texto Aa Aa

Três mulheres curdas ativistas foram encontradas mortas com marcas de bala na cabeça, nas instalações do Centro de Informação do Curdistão na capital francesa.

Uma delas foi identificada como membro fundador do PKK, o Partido dos Trabalhadores do Curdistão.

“Este ato bárbaro, selvagem, não tem qualificação. Estamos chocados. Creio que quiseram sobretudo atacar símbolos”, disse uma advogada.

“Há 20 anos que trabalhamos com associações curdas em França e nunca fomos atacados de forma selvagem como aconteceu aqui nesta rua tão frequentada. Levantam-se agora muitas questões”, afirmou um representante do Partido para a Paz e a Democracia, representado no parlamento turco.

Giovanni Magi, da Euronews, esteve no local:

“O Décimo Bairro de Paris acolhe uma comunidade curda muito importante em França que integra cerca de 150 mil pessoas. Uma comunidade profundamente chocada com este ato de uma extrema violência”.