Última hora

Última hora

Governo de união nacional põe fim à crise na República Centro Africana

Em leitura:

Governo de união nacional põe fim à crise na República Centro Africana

Tamanho do texto Aa Aa

Rebeldes e presidente chegam a um acordo de cessar-fogo na República Centro Africana, ao final de mais de um mês de tensão armada.

O entendimento firmado ontem em Libreville, no Gabão, contempla a formação de um governo de união nacional, chefiado pela oposição, a partir deste sábado.

Em contrapartida, os rebeldes estão dispostos a aceitar a permanência do presidente François Bozizé, em funções, até ao final do mandato em 2016.

Para o presidente do Chade, Idriss Deby, que participou nas negociações, “o novo governo transitório vai necessitar do nosso apoio, do apoio da região e da solidariedade de todas as restantes regiões”.

O acordo, saudado pela União Europeia, surge “in extremis”, num momento em que os rebeldes se encontravam às portas da capital, onde dezenas de milhares de apoiantes do presidente manifestaram-se nos últimos dias.

O cessar-fogo é visto uma vitória da coligação Séléka, que agrupa quatro grupos de rebeldes que tinham tomado as armas em Dezembro acusando o presidente de não respeitar as condições do acordo de paz assinado em 2007.

As tropas estrangeiras deverão igualmente abandonar o país na sequência do acordo assinado ontem.