Última hora

Última hora

Grécia: "os atos terroristas não nos assustam"

Em leitura:

Grécia: "os atos terroristas não nos assustam"

Tamanho do texto Aa Aa

Continuam por identificar os homens que na última madrugada abriram fogo contra a sede do partido Nova Democracia na Grécia.

O ataque com recurso a uma Kalashnikov ocorreu por volta das três da manhã, hora local. Uma das balas atravessou mesmo a janela do escritório do primeiro-ministro.

Os analistas admitem que o mais recente episódio de violência possa estar ligado ao novo pacote de austeridade aprovado pelo governo.

Oposição e forças da coligação já condenaram o ataque.

“O partido Nova Democracia vai continuar o seu caminho e vai fazer o que for preciso para proteger a democracia. Queremos deixar claro que os atos terroristas não nos assustam” afirma o deputado Makis Voridis.

No fim de semana, dois escritórios distritais da Nova Democracia e do Pasok, parceiro na coligação, tinham sido já alvo de atos vandalismo.

Até ao momento só os ataques contra cinco jornalistas foram reivindicados pelo grupo auto-intitulado “Amantes da anarquia.” Ações justificadas com a submissão dos profissionais ao poder político na forma como têm retratado a crise que atinge o país.