Última hora

Última hora

Paquistão: Supremo Tribunal ordena detenção do primeiro-ministro

Em leitura:

Paquistão: Supremo Tribunal ordena detenção do primeiro-ministro

Tamanho do texto Aa Aa

O supremo tribunal do Paquistão ordenou a detenção do primeiro-ministro,
Rajá Pervez Ashraf, acusado de corrupção.

O caso remonta ao tempo em que Ashraf era ministro da energia.

A decisão surge num momento em que cresce o movimento de protesto no país. As ruas de Islamabad estão, desde ontem, repletas de manifestantes que exigem a dissolução do parlamento.

Esta manhã, os manifestantes envolveram-se em confrontos com a polícia e tentaram dirigir-se para o parlamento. A polícia lançou gás lacrimogéneo e, segundo algumas testemunhas, foram ouvidos tiros.

Os manifestantes responderam arremessando pedras e paus, contra as forças da ordem.

O clérigo Tahir ul-Qadri que está a galvanizar a multidão, tinha deixado um ultimato ao governo para dissolver o parlamento. Nas últimas horas, a tensão tem aumentado e o número de manifestantes também está a aumentar.

Ul-Qadri diz que espera um movimento de protesto tão forte como o da praça Tahir, no Egito, que levou à queda de Hosni Mubarak.