Última hora

Última hora

Dreamliner da Boeing acumula problemas de segurança

Em leitura:

Dreamliner da Boeing acumula problemas de segurança

Tamanho do texto Aa Aa

Fugas de combustível, fissuras na fuselagem, falhas na bateria. O boeing 787 Dreamliner não pára de revelar supresas desagradáveis.

Nos últimos dez dias foram registados seis incidentes com este novo avião da Boeing. O último obrigou ontem à aterragem de emergência de um voo doméstico da All Nipon Airways, no aeroporto de Tóquio.

Más notícias para o construtor americano, embora este analista japonês considere que das 800 encomendas que a Boeing recebeu já para este modelo muito poucas devem ser anuladas.

Mas a utilização do aparelho coloca questões de segurança. Já na semana passada dois outros aviões registaram problemas: um com uma fissura no cokpit, outro com uma fuga de combustível.

As companhias aéreas que compraram os 787 tentam encontrar as causas dos incidentes e, para já, suspenderam os voos com estes aviões.

O 787 Dreamliner está a ser sujeito à mesma crise de confiança do público que sofreu o A380 da Airbus, após uma série de problemas com as asas.

Este avião representa uma das apostas mais arrojadas da Boeing, que fabricou o modelo em menos de uma década, com um investimento astronómico no desenvolvimento tecnológico.