Última hora

Última hora

Crise de reféns não resolvida na Argélia

Em leitura:

Crise de reféns não resolvida na Argélia

Tamanho do texto Aa Aa

A crise dos reféns na Argélia está longe de ter chegado ao fim segundo o governo britânico.
 
Vários estrangeiros foram sequestrados por um grupo islamita num complexo de exploração de gás, o exército argelino interveu, no entanto as informações provenientes de Argel indicam que a intervenção militar, que casuou a morte a 30 reféns, terminaram e segundo o ministro da comunicação o assalto permitiu matar um número importante de terroristas e de libertar um número significativo de reféns.
 
“Lamentamos as mortes entre os reféns assim como os feridos. O balanço da operação será efetuado logo que os números  forem definitivos”
 
O ministro japonês dos Negócios Estrangeiros convocou o embaixador da Argélia em Tóquio a propósito da tomada dos reféns, entre os quais se encontram cidadãos japoneses.
 
O governo nipónico afirmou existir muita confusão nos relatórios que chegam de Argel sobre os feridos e criticou a intervenção dos militares argelinos.